Esse ou este – Quando usar?

Há palavras na língua portuguesa que possuem grande semelhança na escrita, na fala e até mesmo no sentido, porém que não devem ser confundidas, pois mesmo possuindo tanta semelhança, seu uso pode estar gramaticalmente incorreto. O uso do “esse” e do “este” pode confundir muitas pessoas, esse é o seu caso? Então continue lendo e descubra como não errar!

Esse ou este – Quando usar?
Foto: Reprodução

Os pronomes demonstrativos

Os pronomes demonstrativos são aqueles que demonstram a posição de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso, situando-os no espaço, no tempo ou até mesmo no próprio discurso. Ele pode ainda apontar para elementos intradiscursivos, termos ou ideias que foram mencionados ou que ainda serão.

Os pronomes demonstrativos “esse” e “este” se apresentam em formas variáveis de acordo com o gênero e o número e geralmente são empregados para indicar a posição dos seres no tempo e espaço.

Usando o esse

Esse, essa e isso são usados para objetos que estão próximos da pessoa com quem se fala, ou seja, da 2ª pessoa (tu, você). Veja o exemplo:

Compro esse apartamento.

O pronome esse indica que o apartamento está perto da pessoa com quem se fala, ou está afastado da pessoa que fala.

O pronome pode se referir ao tempo ou ao espaço. Veja mais exemplos:

Esse ano que passou não foi tão agradável. (tempo)

O pronome esse se refere a um passado ainda próximo.

Dirijo-me a essa empresa com o objetivo de solicitar informações sobre o serviço prestado. (espaço)

Neste caso estou me referindo à empresa destinatária.

Usando o este

Este, esta e isto são usados para objetos que estão próximos de quem está falando, ou seja, da 1ª pessoa (eu). Veja o exemplo:

Irei comprar este apartamento.

O pronome este indica que o apartamento está perto da pessoa que está falando.

O pronome pode se referir ao tempo ou ao espaço. Veja mais exemplos:

Este ano está sendo cheio de acontecimentos inesperados. (tempo)

O pronome este se refere ao ano presente.

Reafirmamos a posição desta empresa em participar do próximo treinamento do Sebrae.

Neste caso é a empresa que envia a mensagem.

É importante observar que quando usamos o pronome este para o tempo, estamos nos referindo ao presente, já o uso de esse pode ser para o passado ou futuro.

Floresta amazônica

A floresta amazônica é uma das florestas tropicais mais importantes do mundo, conhecida popularmente como “pulmão do mundo”, devido sua tamanha biodiversidade e importância, está localizada ao norte da América do Sul, possui uma extensão de sete mil quilômetros quadrados, espalhadas pelos territórios: Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa.

A maior concentração da floresta amazônica está localizada no Brasil, ocupando 61% do território brasileiro, entre os estados do Amazonas, Amapá, Rondônia, Acre, Pará e Roraima. A floresta possui uma fauna que corresponde a 80% das espécies do Brasil, e uma flora que contém mais de 20% de espécies vegetais do planeta terra, seus rios (Rio Amazonas e afluentes), representam a maior reserva de água doce do mundo.

Floresta amazônica
Foto: Reprodução

Origem do nome Amazônia

O explorador espanhol Francisco de Orellana, em 1542, relatou em sua expedição, ter sido atacado por mulheres nuas que usavam arco e flecha, no rio Amazonas, Orellana então as chamou de amazonas, fazendo referência também a mitologia grega, onde as mulheres não aceitavam homens em suas tribos, dando origem ao nome de floresta amazônica.

Características gerais da floresta amazônica

É uma floresta tropical fechada, formada por árvores de porte grande, seu solo possui uma fina camada de nutrientes, que é formado por decomposição de folhas, frutos e animais mortos. A floresta é rica em húmus, sendo essencial para a grande maioria das espécies de plantas e árvores da região.

A região possui grande quantidade de chuva o que facilita em seu aproveitamento de produção, colaborando para manter o seu perfeito desenvolvimento. Sua vegetação rasteira está presente em pouca quantidade, tendo em vista que as árvores do local crescem muito próximas, evitando a chegada de raios solares ao solo, limitando o crescimento das pequenas plantas.

Os animais localizados na floresta amazônica são de pequeno e médio porte, como por exemplo: macacos. marsupiais, cobras, tucanos, pica-paus, morcegos, roedores, entre outros. Os rios que cortam a floreta possuem uma grande diversidade de espécie de peixes.

O clima é equatorial, pois a floresta amazônica se encontra perto da linha do equador, com temperaturas e índices pluviométricos elevados, sendo calor durante o dia e finais de tarde com chuva.

Floresta amazônica e seus problemas atuais

O desmatamento ilegal e predatório é um de seus principais problemas. Madeireiras cortam para vender troncos de árvores nobres e em extinção, fazendeiros que provocam queimadas na floresta para ampliação de áreas de cultivo, colocando em risco todo ecossistema da região. Cientistas estrangeiros entram ilegalmente na floresta em busca de amostras de plantas ou espécies de animais, desenvolvendo substancias, registrando a patente em seu país de origem e lucrando, sem darem os devidos créditos ao Brasil.