O que é um acróstico?

Você já ouviu falar em acróstico? Chamamos por esse nome um gênero de composição que normalmente é poética e tem uma estrutura formada por uma palavra escrita verticalmente formando com suas letras iniciais ou finais uma sequência significativa.

Você deve ter visto isso em sua infância quando, na escola, alguns professores pediam para escrever uma poesia com seu nome, conforme o exemplo abaixo:

Meus olhos perdem-se em seu olhar

Ante à beleza infindável

Revelada nos mistérios de sua alma. Passo a vida

Imaginando o dia em que ser

Amado por ti será mais do que um breve espaço de sonhar.

Esse tipo de trabalho, no entanto, não é feito somente com nomes, mas com palavras conforme o exemplo abaixo, de autoria de Santher, uma poetisa paranaense.

Minha Razão de Viver

Felicidade maior que se

Instalou em minha vida…

Luz que ilumina e me mostra o

Horizonte a seguir… Abrigo

Onde repouso meus

Sonhos, sem nunca pensar em desistir.

Como criar um acróstico?

Criar um acróstico é muito simples: escolha uma palavra, podendo ser um nome de animal, um objeto, um personagem, um nome ou até mesmo uma frase inteira, e a escreva na vertical, sendo que em cada linha constará uma letra. A partir disso, basta abrir a mente e soltar a imaginação desenvolvendo frases.

Conceito

Com uma dinâmica característica da língua portuguesa, o acróstico consiste em uma criação em que temos que, a partir de uma letra, criar vocábulos, poemas e frases. Trata-se de um tipo de recriação textual, da mesma forma como é caracterizado o resumo, a resenha, a paráfrase e o esquema.

É importante frisar, também, que, apesar de nos exemplos acima terem começado sempre com as letras na posição inicial de uma frase, estas também podem ser intermediárias ou finais.

O que é um acróstico?

História

Desde muito tempo, na antiguidade, os acrósticos faziam parte da literatura, sendo usados pelos escritores gregos e latinos e, além disso, na Idade Média pelos monges. Utilizado amplamente durante o barroco, entre os séculos XVI e XVII, o acróstico recebeu esse nome que deriva da palavra grega Akrós, que significa extremo, e Stikhon, que significa linha ou verso.

Tipos de acrósticos

Como citamos anteriormente, apesar de os exemplos demonstrados serem somente de um tipo, existem diversas variantes. As principais, e mais simples, são o acróstico alfabético e o acróstico mesóstico.

Acróstico alfabético

Nesta, as letras do alfabeto são enfileiradas verticalmente.

Acróstico mesóstico

É quando as letras da palavra-chave usada encontram-se no meio da composição, podendo ser no final de cada hemistíquio ou início do segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *