Biografia de Auguste Comte

Isidore Auguste Marie François Xavier Comte, mais conhecido como Auguste Comte, foi um importante filósofo e sociólogo francês do século XIX. É considerado o pai do Positivismo e da disciplina Sociologia. Auguste Comte nasceu na cidade de Montpellier, na França em 19 de janeiro de 1798, e veio a falecer na cidade de Paris, na França em 5 de setembro de 1857.

Inteligência reconhecida desde jovem

Aos 16 anos de idade, em 1814, Comte entra para a Escola Politécnica. Influenciado por personalidades como Aristóteles, Bacon, Descartes, Hume, Condorcet e Diderot, todos ligados ao Positivismo e considerados percursores ao tema. Desde adolescente, Comte sacrificava sua alimentação para comprar livros, posteriormente passa a se dedicar a meditação.

Pai da Sociologia

No ano de 1817, aos 19 anos de idade, descobre o princípio da relatividade. Com apenas 24 anos, no ano de 1822, após 60 horas de meditação, descobre a Lei dos Três Estados, conhecida também como Lei da Inteligência, Comte cria então a Sociologia. A partir de então Comte ganha a fama de pai da Sociologia Positiva.

Casamento e crise

Aos 27 anos Comte decide se casar com Carolina Massin, e devido a situações de conflito entre o casal, Comte acaba tendo uma crise nervosa no ano de 1828, aos 30 anos de idade. Neste período Comte se afastou das aulas que ministrava a celebridades da época, e sua mãe veio de Paris para ajudar em seu restabelecimento.

Durante a recuperação de sua crise Comte escreveu seu curso de Filosofia Positiva, em seis volumes, que posteriormente foram editados nos anos de 1830 e 1842. Carolina abandona o marido e assim, passou a receber uma pensão, proporcional aos lucros de Comte como professor.

Biografia de Auguste Comte
Foto: Reprodução

O amor por Clotilde leva a criatividade

No final do ano em 1844, Comte conhece Clotilde De Vaux e desenvolve um amor platônico por ela, este sentimento leva Comte à criatividade, então Comte cria a Moral Teórica e a Moral Prática. Clotilde vem a falecer no início do ano de 1846, então Comte se aproxima do Catolicismo, influenciado por Clotilde.

Igreja independente do Estado

Comte escreve o Sistema de Política Positiva em 4 volumes, no ano de 1851 a 1854, sendo o primeiro tratado de sociologia, mostrando a separação espiritual e a temporal, isto é, igreja independente do Estado.

Fim de Auguste Comte

Aos 59 anos de idade Comte vem a falecer, deixando de herança criações como a Sociologia Positiva e a Moral Positiva, além de ter conseguido definir e classificar as ciências. Suas ideias impressionam até hoje todos os intelectuais de todos os países do mundo.

Obras

  • Sistema de Filosofia Positiva – 1830-1842;
  • Sistema de Política Positiva ou Tratado de Sociologia instituído a Religião da Humanidade – 1851-1854;
  • Catecismo Positivista ou Sumária Exposição da Religião Universal – 1852;
  • Apelo aos Conservadores – 1855;
  • Síntese Subjetiva ou Sistema Universal das Concepções próprias do Estado Normal da Humanidade – 1856;
  • Testamento, Orações Quotidianas, Confissões anuaus e Correspondências com Madame Clotilde de Vaux – 1884;
  • Circulares Anuais – 1850-1857;
  • Tratado Filosófico D’Astronomia Popular – 1845;
  • Tratado elementar de Geometria Analítica – 1841;
  • Cartas a M. Vallat – 1815-1844;
  • Cartas a John Stuart Mill – 1841-1844;
  • Correspondências Inéditas de Auguste Comte (Elaborado pela Sociedade Positivista) – 1903.

Máxima de Auguste Comte

 “Ordem e progresso.” Lema este inspirado na doutrina desse filósofo francês, teve grande influência na formação da república no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *