Camadas da atmosfera

Com uma massa de aproximadamente 5 x 1018 kg, a camada atmosférica terrestre possui aproximadamente ¾ dessa massa nos primeiros 11 km a partir da superfície do planeta. A camada faz com que o planeta Terra, quando visto do espaço, tenha uma coloração azul brilhante, efeito cromático que é derivado da dispersão da luz solar sobre a atmosfera – isso acontece também em outros planetas que sejam dotados de atmosfera.

Camadas da atmosfera
Foto: Reprodução

O que é a atmosfera terrestre?

A atmosfera é uma camada de gases que protege a vida na Terra com a absorção da radiação ultravioleta solar, mantendo, por meio do efeito estufa, o planeta aquecido e reduzindo temperaturas extremas de noite e dia. Os gases que a formam são, principalmente, o nitrogênio, oxigênio e argônio, sendo que os restantes são chamados de gases traços – entre eles podemos nomear os gases do efeito estufa que são os vapores de água, metano, ozônio, óxido nitroso e dióxido de carbono.

Além disso, a camada pode apresentar ainda algumas substâncias naturais, mas em quantidades muito pequenas em uma amostra de ar não purificada. Da mesma forma, podemos encontrar diversos poluentes industriais como o cloro, flúor, compostos de enxofre e mercúrio, por exemplo.

Camadas da atmosfera

Agora que entendemos o que é a atmosfera terrestre, vamos conhecer suas camadas. Nelas, a temperatura varia de acordo com a altitude, trazendo uma relação variante entre temperatura e altura. Essa é uma das bases da classificação das camadas.

Podemos estruturar a atmosfera em cinco camadas, sendo que três delas são relativamente quentes e estão separadas por duas capadas relativamente frias. Entre as camadas, temos a área de contato, áreas de descontinuidade que são nomeadas com o nome da camada subjacente, mais o sufixo pausa.

Troposfera

A troposfera é a camada que está localizada mais próxima da Terra, se estendendo até a base da estratosfera. Nela está concentrado aproximadamente 70% do peso atmosférico e, além disso, é somente nela que nós humanos, e todos os seres vivos, podemos respirar normalmente. Com uma espessura média entre 12 km e 17 km, a camada abrange praticamente todos os fenômenos meteorológicos e, além disso, é nessa camada que podemos ver os aviões voando, além de balões e outros.

Estratosfera

Com gás ozônio em sua composição, a estratosfera é a segunda mais próxima da Terra. Esse gás é responsável por barrar os raios ultravioletas e faz com que seja conhecida por todos como a Camada de Ozônio. Com até 50 km de altura, nessa camada o fluxo de ar é baixo e isso faz com que não seja propícia para a presença de seres vivos.

Mesosfera

Chamamos de mesosfera a terceira camada, contando a partir da Terra. Entre suas principais características, estão a baixíssima temperatura, oscilando sempre em torno de – 100°C – mas isso não é uniforme em toda a extensão. A temperatura somente fica mais quente nas partes de contato com a estratosfera, mantendo uma troca de calor entre elas.

Termosfera

Podendo alcançar 500 km de altura, essa é a camada mais extensa entre todas. A camada atinge temperaturas próximas aos 1000°C, uma vez que o ar é escasso e dessa forma essa camada absorve mais facilmente a radiação solar. Essa é a camada mais quente de toda a atmosfera.

Exosfera

Por último, temos a camada mais distante da terra, que alcança até 800 km de altura. Não existe gravidade nessa camada, composta essencialmente por gás hélio e hidrogênio. As partículas desprendem-se com facilidade e é nessa camada que estão os satélites de dados, telescópios espaciais e outros equipamentos espaciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *