Classicismo

A Era clássica foi dividida em três estilos literários: o Classicismo, o Barroco e o Arcadismo. A época conhecida como classicismo foi marcada por uma doutrina estética de ordem, equilíbrio e simplicidade. Dos povos de movimentos clássicos, temos os antigos gregos, os romanos, depois os franceses, ingleses e muitos outros, sendo que cada um deles possuía características particulares, mas sempre com ideias muito comuns a respeito do mundo, do homem e da arte. Também conhecido como Quinhentismo, o classicismo se deu na época do Renascimento – na Europa do século XV a XVI –, quando ocorreram muitas transformações não só culturais, mas também políticas e econômicas. O classicismo chegou ao fim no ano de 1580 com a o domínio da Espanha sobre Portugal e com a morte do escritor Camões.

Foco

O foco do classicismo está nas faculdades intelectuais, e não tanto nas emocionais quando se refere à criação de uma obra de arte. Esta busca a expressão dos valores universais, e não das ideias individuais ou nacionais.

A inspiração deste movimento se deu com o modelo da Antiguidade Clássica Greco-Romana, além do Renascentismo Italiano, de onde foram tiradas as normas e os princípios.

Principais características

O movimento Classicista teve como principais características a harmonia das proporções, a simplicidade e equilíbrio aplicados na composição, além da idealização da realidade. Além disso, sempre houve a recusa da emotividade e a exuberância decorativa do barroco.

Classicismo

Quando se fala em literatura, pode-se dizer que o classicismo foi um retrato vivo da Renascença, pois estes seguiram de perto a literatura da antiguidade revelando em suas obras uma estrutura formal, rigidez das normas de composição e, além disso, em seu conteúdo, o paganismo, amor platônico, entre outras marcas da tradição mais antiga.

Havia nesse tipo de literatura, a busca por um homem universal, além dos valores greco-latinos, novas medidas e formatos de composição, consciência da nação, entre outras. Escrita basicamente em versos, a literatura classicista apresenta temáticas sempre grandiosas e heroicas, referindo-se à história de um povo. É caracterizada por sua composição que tem proposição, invocação, além da dedicatória, narração e epílogo.

Principais autores e obras

Entre os nomes dessa literatura, temos Luís Vaz de Camões, cuja literatura envolvia poesias tanto líricas quanto épicas, além de peças teatrais. Entre suas obras mais conhecidas, podemos citar “Os Lusíadas”, que é considerada uma obra-prima.

Outros escritores foram destaque, porém não tanto quanto Camões, como Sá de Miranda, Bernardim Riveiro e Antônio Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *