Desmatamento no Brasil

O termo desmatamento é também conhecido como desflorestamento. No Brasil teve início com a chegada dos portugueses ao nosso país, no ano de 1500. Eles foram desmatando o pau-brasil e enviando à Europa. Os povos lusitanos deram início na exploração pela a Mata Atlântica. A madeira do pau-brasil era utilizada para a construção de móveis e instrumentos musicais e sua seiva colorida era utilizada para tingir tecidos.

Desmatamento no Brasil
Foto: Reprodução

Desmatamento constante em outras regiões do Brasil

Desde tempos passados, o desmatamento no Brasil se tornou uma constante. Depois da Mata Atlântica foi a vez da Floresta Amazônica de sofrer com a derrubada ilegal de árvores. Em busca de madeiras como o mogno, por exemplo, várias madeireiras se instalaram na região para realizar a prática ilegal de exploração.

Um relatório divulgado pela WWF, uma ONG que se dedica a proteção do meio ambiente, informou no ano de 2000, que o desmatamento na Amazônia já atingia 13% de sua cobertura original. Uma pesquisa realizada pela revista Science, publicada em 2012, informou que no ano de 2050, poderá ocorrer cerca de 80% de extinção das espécies animais (anfíbios, mamíferos e aves) em áreas que sofrem com o desmatamento. Na Mata Atlântica, atualmente, existe apenas 9% de sua cobertura original do ano de 1500. Várias espécies de animais e vegetais já foram extintas.

Vale lembrar que o desmatamento no Brasil não é um problema apenas focado na Amazônia e na Mata Atlântica, ele ocorre nos quatro cantos do país. Muitos fazendeiros derrubam quilômetros de árvores para o plantio, são as chamadas frentes agrícolas. O desmatamento em determinada região pode provocar o processo de desertificação, isto é, a formação de desertos e regiões áridas, situação está que já vem ocorrendo no sertão nordestino e no cerrado de Tocantins nas últimas décadas.

Crescimento das cidades e diminuição das florestas

O crescimento das cidades também traz a diminuição de áreas verdes, além do crescimento das indústrias, construções de condomínios, polos industriais e rodovias, que provocam a derrubada de grandes áreas florestais.

Queimadas e incêndios em regiões florestais

As queimadas e incêndios são outro grande problema de regiões com área verde. Fazendeiros provocam incêndios para ampliar as áreas para a criação de gado ou para o cultivo. Alguns motoristas também provocam incêndios por pura irresponsabilidade, através de pontas de cigarros jogadas nas beiras das rodovias.

Desmatamento no mundo

O problema do desmatamento não é exclusivo do Brasil. No mundo inteiro o desmatamento ocorreu e ainda está ocorrendo. Em países asiáticos como a China, quase toda a sua cobertura vegetal foi explorada, outros países como Estados Unidos e Rússia, também destruíram suas florestas com o passar do tempo.

O que fazer contra o desmatamento?

Apesar de o problema ser recorrente, ao longo dos anos houve uma diminuição significativa em comparação ao passado, a consciência ambiental das pessoas está alertando para a necessidade de uma preservação ambiental. Legislações mais rígidas estão sendo desenvolvidas em prol do meio ambiente e uma fiscalização mais atuante está ocorrendo para combater os crimes ambientais.

As matas e florestas são de extrema importância para o equilíbrio ecológico e bom funcionamento climático do planeta Terra. Espera-se que cada vez mais o ser humano tome consciência destes problemas e comece a perceber que antes de seus interesses financeiros individuais, está a vida de um planeta inteiro e o futuro de novas gerações depende deste bom funcionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *