Intentona Comunista

A Intentona Comunista, também conhecida como “Revolta Vermelha de 35” e “Levante Comunista”, foi uma tentativa de golpe que ocorreu em novembro de 1935, liderado pelo Partido Comunista do Brasil (PCB). Seu objetivo era derrubar o atual presidente, Getúlio Vargas, e assumir o poder do país em nome da Aliança Nacional Libertadora. O PCB tinha como líderes do grupo, Luís Carlos Prestes, sua esposa Olga Benário, Rodolfo Ghioldi, Arthur Ernest Ewert e Ranieri Gonzáles.

Intentona Comunista

Aliança Nacional Libertadora

A Aliança Nacional Libertadora (ANL) era composta de ex-tenentes, de comunistas, de socialistas, de líderes sindicais e de liberais excluídos do poder. No ano de 1935, Luís Carlos Prestes apresentou um documento em nome da ANL que requeria a renúncia do Presidente Getúlio Vargas. Em represália, o governo decretou a ilegalidade da ANL, que se tornou impedida de atuar publicamente, sendo assim, a organização passou a funcionar na ilegalidade e sigilosamente.

Principais objetivos

  • Derrubar o governo de Getúlio Vargas;
  • Implementar mudanças sociais, políticas e econômicas no Brasil com ideias relacionadas aos ideais comunistas;
  • Apoiavam uma revolução nacional popular contra as oligarquias, o autoritarismo e o imperialismo;
  • Queriam a abolição da dívida externa.

Como ocorreu?

A primeira revolta ocorreu na noite de 23 de novembro de 1935, em Natal seguido pelo Recife, e logo após no Rio de Janeiro em 27 de novembro do mesmo ano. A revolução deveria ganhar outros focos no país, mas devido à falta de organização, a revolução resultou em ataques em datas diferentes. Além disso, houve uma ausência do apoio popular – Luís Carlos Prestes estava confiante de receber apoio popular, mas isso aconteceu em proporções menores -, de forma que as tropas oficiais conseguiram combater os revoltosos facilmente, impedindo uma ameaça maior.

O movimento ocorreu em apenas três cidades:

  • Natal (RN)
  • Recife (PE)
  • Rio de Janeiro (RJ)

O presidente Getúlio Vargas utilizou as forças militares de seu governo, combatendo e finalizando em poucos dias a rebelião. Diversas pessoas que participaram da Intentona Comunista foram rendidas e presas, inclusive o líder Luís Carlos Prestes.

Olga Benário, apesar de estar grávida de Luís Carlos Prestes, foi deportada para a Alemanha onde morreu em um campo de concentração nazista por ser judia.

Consequências

  • Decretação de Estado de Sítio (suspensão de todos os direitos civis) no final do ano de 1935;
  • Aumento da repressão aos opositores, principalmente aos comunistas, que foram considerados pelo governo como uma “ameaça à paz nacional”;
  • Enfraquecimento da oposição política;
  • Maior concentração de poder nas mãos do presidente Getúlio Vargas;
  • Aumento do autoritarismo do governo de Getúlio Vargas, que usou a “ameaça comunista” como pretexto para manter-se no poder durante o Estado Novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *