Micologia – O estudo dos fungos

A micologia é uma das várias ramificações da biologia, no entanto, a disciplina se dedica em estudar os fungos.

O estudo que ocorre dentro da micologia é variado dentro de dimensões que podem ir do tamanho de um grande cogumelo, até mesmo a tamanhos microscópicos de fungos.

A palavra micologia é derivada de duas palavras gregas, que significam:

  • Mykes – cogumelo.
  • Logos – estudo.

Trajetória da micologia

Entre os anos de 480 à 406 a.C. os cogumelos foram descritos pela primeira vez nas obras de Eurípedes.

No ano de 371 à 288 a.C. o filósofo grego Teofrasto de Eresos, foi o primeiro a tentar classificar as plantas. Os cogumelos foram classificados como plantas com a ausência de certos órgãos.

No período da Idade Média, houve um pequeno avanço em relação aos estudos dos fungos.

No ano de 1737, Pier Antonio Micheli, em sua publicação de Nova Plantarum Genera, lançou bases para a classificação sistemática de musgos, ervas e fungos.

No ano de 1836, foram usadas pela primeira vez as palavras: micologia e micólogo, por M. J. Berkeley.

Micologia – O estudo dos fungos
Foto: Reprodução

A micologia estuda os fungos em diversas áreas, como por exemplo:

  • Na medicina (remédios, micose, fungos, cogumelos, entre outros);
  • Dentro das indústrias;
  • Na agricultura;
  • Bioquímica (estuda processos químicos que ocorrem nos fungos);
  • Alimentos em geral (queijos, pães, cogumelos, entre outros);
  • Morfologia (estuda as formas dos fungos e suas partes);
  • Sistemática (descreve a biodiversidade e as relações entre os organismos).

Dentro do estudo dos fungos na medicina encontramos grandes descobertas, como é o caso do Penicillium chrysogenum, um fungo descoberto por Alexander Fleming e que deu origem à penicilina. Encontramos também, dentro da medicina o estudo de micoses.

No ramo das industrias encontramos outra parte importante dentro do estudo da micologia, como a produção de alimentos, laticínios, bebidas alcoólicas, etc.

Se não houvesse tanto interesse por este estudo, pouco saberíamos sobre vários tipos de remédios e alimentos.

Micologia e a classificação dos fungos

  • Zygomycota;
  • Ascomycota;
  • Basidiomycota;
  • Deuteromycota.

Todos os fungos pertencem ao Reino Fungi. A micologia estuda cada divisão, que vai desde os fungos mais perigosos e mortais, até os indispensáveis para o combate de doenças bacterianas.

Os cientistas que estudam os fungos são chamados de micologistas ou micetologistas. Estes profissionais são graduados dentro da área de Biologia, onde realizam especialização em fungos, através de cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *