Teoria dos mundos

Durante a Guerra Fria, ocorreu a separação dos países em todo o planeta Terra, quando os mesmos passaram a ser classificados segundo os seus aliados. Assim, as nações do globo passaram a ser separadas em “três mundos” (entre 1945  e 1990), a partir dos sistemas de produção e dos níveis de desenvolvimento.

A designação atribuída às subdivisões do mundo seguia o critério de grandeza econômica de cada nação. De tal modo que os países considerados ricos, mais desenvolvidos, ocupavam o posto de “primeiro mundo”, enquanto que na classificação de “segundo mundo” estavam as nações do antigo bloco socialista. Já os demais países faziam parte do “terceiro mundo”.

Primeiro Mundo

Situavam no estágio de “primeiro mundo” países cuja economia é capitalista e possui avançado grau de desenvolvimento econômico. Destacam nesse posto nações como Japão, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Canadá, Holanda, entre outros.

Segundo Mundo

Segundo embasamento da Teoria dos Mundos, as nações do antigo bloco socialista são as que integram o chamado “segundo mundo”. Os integrantes desse posto são os países consagrados com economia planificada (socialista). Com exemplo desse grupo é possível identificar a antiga União Soviética.

Teoria dos mundos
Foto: Reprodução

Terceiro Mundo

Nesse bloco incluem-se as nações capitalistas consideradas não ricas, atrasadas socialmente e economicamente devido a desproporcionalidade nas suas relações comerciais com países do “primeiro mundo”.

São nações que, geralmente, exportam manufaturas (matérias-primas) a um valor bem reduzido e importam manufaturas industrializadas e tecnologia a um alto custo, promovendo um agravamento no cenário de desigualdade social. Como exemplo de nações consideradas de “terceiro mundo” pode-se identificar a Argentina, México, Brasil, Egito, Índia, Arábia Saudita, entre outros.

Pós-comunismo

Devido a queda da União Soviética, o fim do regime socialista em grande parte do planeta e a integração das antigas nações do “segundo mundo” no leste europeu, o “segundo mundo” acabou inexistindo. De tal modo que, a partir de então, a divisão do mundo passou a ser renomeada em países desenvolvidos, emergentes e subdesenvolvidos.

  • Desenvolvidos – São os países que integram o antigo “primeiro mundo”. São ricos, industrializados e apresentam alto índice de desenvolvimento humano, qualidade de vida.
  • Emergentes – Integram esse grupo as nações ricas e industrializadas, mas que ainda carregam problemas sociais e econômicos, a exemplo do Brasil.
  • Subdesenvolvidos – Nesse bloco fazem parte os países pobres e com baixo desenvolvimento humano, além de larga dependência externa e economia primária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *